quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Reason to believe

Você é minha alvorada, que nasce todas as manhãs e eu preciso ver para saber que estou vivo. Me ensinou a ver belezas ocultas, e pela primeira vez eu me senti vivo de volta à cidade. Lembro como se fosse hoje do drible lindo que me deu. E eu ri, a aprender um novo conceito de futebol. Aprendi como é o jogo, enfim.

Eu pude, finalmente, ser leve para perseguir uma pluma no vento. E enxergar através dos prédios, uma lua distante. Você me deu uma alameda, lembra? Fez com que meus sonhos residissem em um prédio simpático de tijolos, onde pude enxergar uma vida nova naquelas janelas. Aí eu percebi que eu era rico, pois você é minha fortuna. Assim, deixei de nadar contra a correnteza, e fui parar num mar onde pude flutuar sem pensar na direção em que estava indo.

Aí você caminhou um pouquinho comigo. E pela valsa que eu devia, dançamos à luz do luar. Depois, assisti enquanto você sonhava, aquela beleza linda e inocente. E eu não quis mais esperar, pois não tinha mais medo, mesmo se o sol se recusasse a brilhar. As correntes continuavam me levando, mas eu aproveitava para semear o meu otimismo por onde passava. Eu morri de saudades.

Descobri então que nossa sintonia é perfeita. E eu queria que você sempre estivesse aqui. Daí, em um dia de verão, apareceram algumas gotinhas de chuva sussurrando de dor. Havia uma montanha de sonhos, e eu questionava se este era o paraíso. E uma lembrança sua borrifada de perfume bastou para que eu a levasse sempre comigo.

Você queria saber tudo que eu vi quando estive lá. Eu não precisei dizer nada, apenas entreguei aquela pequena gota de chuva. Então percebi do que precisava. Apenas de um beijo seu no fim do dia, quando não tivesse ninguém por perto. Descobri que você é perfeita, e vai muito além do que eu acreditava. E nossas vidas foram mudadas para sempre. Acho que você aprendeu que meu amor é desse jeito.

Quando eu menos esperava, no lugar onde eu menos imaginava, você arrancou palavras do meu peito. E eu pude dizer que aquele dia era o melhor dia que eu já tive. Lembrando de tantas alegrias, eu tirei forças para enfrentar a rotina. Para vencer meu desânimo. Você me inspira a fazer o que eu mais amo, mesmo quando escrever parece não fluir com meus batimentos cardíacos como deveria. Você é minha insônia. Você me devolve a esperança quando eu pareço não encontrá-la. Você é minha razão para acreditar.

3 comentários:

  1. :-O ...fiquei sem palavras....



    Foda.

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso! Simplesmente maravilhoso! :D

    ResponderExcluir
  3. Caramba, muito lindo.
    Não sou uma pessoa muito romântica, mas sinceramente... depois de ler isso fiquei desejando que alguém escrevesse algo parecido para mim, um dia. Muito bonito mesmo.


    beijos!
    Helô
    www.retroheart.com/blog

    ResponderExcluir